2005-02-21

O epitáfio do hipocondríaco

Não são precisos "rescaldos": há muito que o "caldo" estava frio e entornado.

Não tenho tempo para pasmos nem para asnos. Pasmos com a tradução eleitoral de elementos de caracterização sociológica do país que são razoavelmente evidentes. Asnos, que por mais bordoada eleitoral que levem naquelas cabeças ocas persistem em não se afundarem sozinhos e, sem sombra de vergonha ou dignidade, dão ao partido o "abraço da morte", tentando rasteiramente inviabilizar a única candidatura presidencial fora do espaço socialista que pode ser ganhadora.

A coisa resume-se no conhecido epitáfio do hipocondríaco: "eu não vos dizia?"...

1 comentário:

JRA disse...

Não me parece que tenha sido PSL a tentar rasteirar a "única candidatura presidencial fora do espaço socialista que pode ser ganhadora", mas o próprio candidato.
Que, em abono da verdade, também já não sei se está fora do espaço socialista. E, quanto à candidatura, muito menos sei se é ganhadora. Muita, muita gente, mudou de opinião sobre isso. E não vai votar nessa candidatura. Aliás, se calhar, o melhor era perguntar ao Fernando Nogueira o que é que ele achava dessa candidatura e das qualidades humanas de quem a protagoniza. É que não foi a primeira vez que houve traição.
Absonante